Jesus, Fonte de Sabedoria

O melhor louvor é aquele que é realizado o tempo todo, 24 horas por dia.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Deus não quer te curar.


Temos saúde
   Um filho de Deus vive a plenitude do reino, podemos ter saúde.
Mais importante do que sermos curados é termos saúde, o plano de Deus é esse, sempre andarmos com saúde, porque Jesus levou sobre si todas as nossas enfermidades, nossas dores e todas as doenças que carregávamos com a velha natureza. Não temos mais essa velha natureza, e se somos nascidos de novo, as enfermidades não tem direito ou legalidade alguma de estar em um corpo de alguém que nasceu de novo.

Isaías 53: 4-5 “Verdadeiramente Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre Si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. [pensava-se que Ele estava sendo castigado por Deus pelos seus próprios pecados; a verdade porem é esta: Ele foi ferido por causa dos nossos pecados e teve o corpo maltratado por causa de nossas desobediências.]
5- Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: o castigo que nos trás a paz estava sobre Ele, e pela suas pisaduras fomos sarados [curados].

“Pelas suas pisaduras fomos sarados” então já estamos curados, não seremos curados no futuro e sim, fomos curados, no tempo passado. Por quem fomos sarados? Por Jesus, a cura é um dos troféus conquistados por Cristo na ressurreição. Isso já me pertence!
Os versículos citados acima foram escritos muito antes do calvário de Cristo, uma citação da vinda de Cristo, trata-se de uma profecia voltada para o futuro. Isaías proclamou a morte e a ressurreição de Jesus, Isaías sabia que não era para o tempo dele, mas que ia acontecer. Glória a Deus, aconteceu.
Note que Pedro disse a mesma coisa, relembrando a cruz. Já havia acontecido o calvário, era um fato ocorrido:

1 Pedro 2.24 “Levando Ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados”.

   Existe uma condição para sermos contemplados ou alcançados por esta bênção ou qualquer outra: estarmos mortos para os pecados. Muito simples para os que nasceram de novo obtendo a natureza de Deus, que vem pela herança em Cristo; vive na renovação da mente e na justificação de Cristo.
Depois de mortos para os pecados e vivos para a justiça, a única medida que devemos adotar é crer na Palavra de Deus e tomar posse da cura que Jesus já obteve na cruz, que foi comprada e paga. Temos que tomar posse de todas as bênçãos espirituais, para estarmos na plenitude de Deus e na totalidade da herança em Cristo.
No céu não tem doenças, em Deus não herdamos doenças, Deus não criou doenças, pois Deus só faz coisas perfeitas, Jesus não trouxe de volta alguma doença que Ele havia levado na cruz para nós. Então de onde vêm ás doenças e misérias?  Vem do rei desse mundo, vem da natureza má e destruidora de satanás. Herdamos essas doenças, pois estivemos no mundo, no reino das trevas, mas fomos transportados desse reino pra o reino do filho de Deus, lavados e redimidos pelo sangue do Cordeiro que nos deu nova natureza. Quando nos desfazemos do velho homem e nos vestimos de um novo ser de amor, lavado e remido, tudo se faz novo. Portanto mal nenhum pode nos atingir quando estamos revestidos de Cristo, andando como um novo homem. Não há lugar para o diabo, porque nós temos toda a autoridade sobre o diabo e suas doenças. A Bíblia já disse: “não dê lugar ao diabo”, se nós é que temos que tomar cuidado para não dar lugar ao diabo, então ele não tem lugar, logo ele vai agir somente se dermos lugar para ele. 
Nãomotivo, para que suas conquistas sejam tiradas de você. Não obedeça em nada ao reino das trevas.

Busque a Cristo e você irá encontrá-lo; e com ele tudo o mais incluído.
C. S. Lewis

O nome de Jesus tem poder e domínio sobre qualquer que seja a causa, também sobre todas as doenças da mente, passiva de tratamento psiquiátrico ou psicológico. Podemos contar com Cristo para tratamentos de traumas de infância. Podemos renovar nossa mente de forma que ao nascer de novo, tudo se apaga, tudo é esquecido. A alegria vinda de dentro para fora, sobressai as más lembranças, e tudo se faz novo, mesmo que leve um pouco de tempo para alguns casos.
2º aos Coríntios 5.17.
A saúde é parte de todas as bênçãos espirituais com as quais já fomos abençoados em Cristo!

Não precisamos ficar implorando por uma coisa que já nos pertence, chorando e pedindo a Deus algo que Ele já nos deu. Como vamos pedir a Deus que nos cure, se Ele mesmo nos vê sem doenças?
É só darmos uma ordem em nome de Jesus e as doenças tem que sair, as enfermidades são curadas, as dores vão ter que acabar, porque existe um domínio sobre as enfermidades, uma força maior, uma autoridade delegada a nós que nos permite eliminar, extinguir e banir de vez todos os tipos de doenças.
Quem vive pela fé desconsidera o natural.

Você espera encontrar o Governador do seu Estado Federal, prendendo ladrões, trocando tiros com bandidos, ou multando infratores? Se você espera, sinto muito em te desapontar, mas isto não vai acontecer. O Governador assumiu sua cadeira e delegou isto para outras pessoas fazerem.
Será que vamos ver o Prefeito do Município, com assobio na boca tentando controlar o trânsito? Creio que não.
Dessa mesma forma, se executa o funcional no reino de Deus; nós, é que temos que continuar as obras de Jesus, com a autoridade que já nos foi outorgada. Portanto ide.

Pr. Vagner Vieira

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

A nossa Autoridade, todo o poder de Deus, Ide.


Temos autoridade

A autoridade de Jesus foi conquistada em amor.
A herança que recebemos nos trouxe autoridade, mas o que é autoridade? Autoridade é o poder delegado.

A palavra Grega para autoridade é “exousia.” É diferente da palavra “poder”, a qual no Grego é “dunamis”. A palavra “poder” é o que Deus cria, e o poder vem do céu, do alto. Exousia ou autoridade é a delegação de poder através de nós. Ela vem por meio de um representante. O poder precisa ser delegado por meio da autoridade.

Em Lucas 10.19, Jesus declara: “Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a poder do inimigo, e nada vos fará dano algum.”

Mesmo que a palavra poder seja usada duas vezes no verso de Lucas 10.19, duas palavras diferentes são achadas no original grego. O que, de fato, Jesus disse era; Eis que vos dou autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo o poder do inimigo

Quando menciona serpentes e escorpiões, Jesus refere-se ao diabo, demônios, espíritos malignos e todas suas hostes. Temos que ter essa consciência, de que temos autoridade sobre eles! A igreja não tem menos autoridade hoje do que tinha no primeiro século, Seria um absurdo pensar assim.
O valor da nossa autoridade está no poder que existe por trás dessa autoridade. O próprio Deus é o poder por trás da nossa autoridade! O diabo e suas forças se acham na obrigação de reconhecerem, nossa autoridade. O diabo não consegue ignorar a presença da autoridade em nós, porque ele conhece a presença de Cristo, ele conhece o poder de Deus, ele sente essa presença em nós e quando dizemos o nome de Jesus, o poder é ativado e ele é obrigado a se retirar.
O crente que compreende de forma plena que o poder de Deus está a seu favor, pode exercitar sua autoridade e enfrentar o inimigo destemidamente.
Nossa autoridade foi restaurada.
 Em Mateus 28:18-19 diz: “E chegando-se a Jesus, falou-lhes dizendo: É -me dado todo o poder no céu e na terra.
19- Portanto ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo;
20- Ensinando-as a guardar todas as coisas que Eu vos Tenho mandado, e eis que Eu Estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”.
Como que Cristo está conosco todos os dias? Por meio do Espírito de poder.
Se podemos ir, é porque realmente podemos, Cristo não nos mandaria fazer algo impossível. Ele está conosco, esta promessa é digna de confiança e podemos ter a certeza que Cristo está agora nos contemplando.
Em Mateus 28.18 é outro versículo onde a palavra autoridade deveria ter sido usada em vez de poder. Deveríamos ler: “toda autoridade Me foi dada no céu e na terra”.

Quando Jesus subiu aos céus, transferiu Sua autoridade à igreja. Ele é a Cabeça da Igreja, e os cristãos compõem o corpo. A autoridade de Cristo deve ser perpetuada por meio do Seu Corpo que está sobre a Terra.
 Em Marcos 16:17 Jesus disse: “E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu Nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;”

Em a carta de Aos Efésios e em outras passagens nas epístolas, Paulo usa o corpo humano para ilustrar o Corpo de Cristo.
Cristo está assentado à direita do Pai, o lugar de autoridade, e estamos assentados com Ele, porque o corpo compartilha do mesmo Espírito que a Cabeça. Assentar ao lado direito do Rei é sinal de autoridade, de importância, é um lugar de honra. Morremos em Cristo e fomos ressuscitados com Ele.
Isso não é algo que será feito por Deus no futuro. Já foi feito, já aconteceu, ou nós tomamos posse, ou não recebemos o que Deus planejou para nós.
Jesus nos transmitiu sua autoridade e poder, para continuarmos fazendo sua obra, nós temos toda autoridade sobre o diabo e seus demônios.
Em todas as epístolas, os escritores não ensinaram a procurar alguém para expulsar demônios nem a fazer algo difícil, simplesmente nos mandou; “resistir ao diabo” e “não deis lugar ao diabo”.
Se podemos resistir a ele, temos autoridade sobre ele, conseguimos sem esforço, vencer ao inimigo, a medalha e o troféu conquistados na vitória de Cristo sobre o diabo foram  a nós passados.
Se foi nos pedido para não darmos lugar ao diabo, é porque ele não tem lugar, e só vai ter lugar se não resistirmos suas investidas.

Uma nuvem sobre o sol não faz diferença na substância do sol; embora a natureza divina tenha sido coberta pela natureza humana, isso não ocasionou mudança na natureza divina.
Thomas Watson

Temos autoridade em Jesus que a conquistou com amor. E por amor nos transmitiu sua autoridade para darmos continuidade a sua obra de libertação das pessoas da opressão de satanás

Prestem atenção se não é a mais poderosa obra de Deus. A grande e admirada obra, uma obra respeitada e preciosa, foi por esse ato de misericórdia e graça que estamos em um reino diferente hoje. Somos muito gratos por essa interferência majestosa de Deus, a atitude de Deus de nos resgatar, é motivo de ações de graças e de todo o louvor a Deus.

Efésios 1: 18-23 “tendo iluminado os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos;
19- E qual a sobre- excelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder,
20- Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dos mortos, e pondo-o à sua direita nos céus.
21- Acima de todo o principado, e poder, e domínio, e de todo o nome que semeia, não só neste século, mas também no vindouro;
22- E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas O constituiu cabeça da igreja,
23- Que é seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.”

Quando conhecemos e entendemos o que Deus fez por nós, nos tornamos crentes indesviáveis.

 Pastor Vagner Vieira