Jesus, Fonte de Sabedoria

O melhor louvor é aquele que é realizado o tempo todo, 24 horas por dia.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Os 100 Mandamentos.

 MUDANÇA NA LEI
Os 100 Mandamentos.

“Porque quem Ama ao PAI e aos seus irmãos não mata, não rouba, não comete adultério, não da falso testemunho e tudo mais, porque simplesmente ama.”

Em Êxodo, no Cap. 34 verso 12 ao 27, vemos que Deus passa instruções ao Seu povo. Instruções que podemos chamar de Mandamentos.
Em Deuteronômio Cap. 5. 7-21 Vemos os Mandamentos passados a Moisés que seria transmitido ao povo de Deus.
A Lei como nós sabemos não era para purificar o povo e sim mostrá-los o quanto são pecadores.
As Leis Morais nunca mudam por ser tratar de caráter, mas as cerimoniais, comemorativas ou representativas não representam o amor.
Chegou um dia que Deus Pai não se sensibilizava mais com os ritos sacrificiais e com os cumprimentos dos Mandamentos ao pé da letra chegando a dizer em Oséias 6.6 que não queria mais sacrifícios. Jesus chegou ao ponto de chamar os mais religiosos da Sua época de hipócritas.
Jesus Cristo, o enviado de Deus, unificou dois mandamentos da Lei (Dt 6.4-5 “Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. 5 Amarás pois o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder.” e Lv 19.18 “Não te vingarás, nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo: Eu Sou o Senhor.”). Anunciando a nova ordem: a ordem do Amor, que está sobre toda lei e se resume em apenas um mandamento: Amar a Deus e ao próximo.
Olha o que Paulo disse aos Gálatas 5.14 “Pois todas as Leis se resumem num só mandamento, a saber: “Amarás teu próximo como a ti mesmo”.

(Mateus 22. 37-40. Tiago 2.8.)
O mesmo mandamento aperfeiçoado está descrito em João 15.9-12 “Assim como o Pai me amou, Eu da mesma forma vos amei. Permanecei no meu amor. 10 Se obedecerdes aos meus mandamentos, permaneceis no meu amor, exatamente como Eu tenho obedecido às ordens do meu Pai e permaneço em seu amor. Tenho-vos dito essas palavras para que a minha alegria permaneça em vós e a vossa felicidade seja completa. 12 E o meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei. 13 Não existe maior amor do que este: de alguém dar a apropria vida por causa dos seus amigos.”
Somos amigos de Cristo e somos amigos de todos.

Mateus 9:13 “Portanto, ide aprender o que significa isto: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Pois não vim resgatar justos e sim pecadores”. Jesus citou: Oséias 6:6 “Porque eu quero misericórdia, e não sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que holocaustos”.

Podemos ver na carta enviada aos Hebreus no Cap. 4.4-16 que o descanso nós teremos em Cristo.
Em Mateus 5. 17-48 e depois Ele continua ensinando até o capítulo 07, que Jesus substituiu a Lei.
Tudo agora se resume em Amar. Quando fazemos o que Jesus ensinou estaremos praticando atos de amor. Aquele que ama não aborrece os outros.
Mateus 22. 36-40. (não deixe de ler) Os dois mais importantes dos mandamentos, a Lei e os profetas estão debaixo desses Mandamentos. Foram substituídos.
A transformação da Lei se deu com o cumprimento da lei que era somente sombra da que vivemos na Nova Aliança.
Hebreus 13:9 “Não vos deixeis levar por doutrinas várias e estranhas; porque bom é que o coração se fortifique com a graça, e não com alimentos, que não trouxeram proveito algum aos que com eles se preocupam.”


Jesus tinha que cumprir a Lei porque Ele era Judeu. Mesmo assim, Ele descumpria algumas regras por causa do amor. Ele comia com qualquer pessoa, pela Lei uma mulher avia de ser morta por apedrejamento, Jesus a salvou e depois a despediu com um simples “não peques mais”,  pediu água e conversou com uma mulher samaritana, derrubou os pertences de um grupo de comerciantes que estavam com bancas nos átrios do templo, deixa uma mulher com fluxo de sangue lhe tocar (impura para os Judeus), Ele pregava e curava no sábado, não lavava as mãos, seus discípulos não jejuavam, dizimou uma criação de porcos de outra pessoa (comer carne de porco era ilegal aos Judeus).
O cerimonial Ele não orientava, mas o moral sempre cobrava, como na vez que disse que devemos pagar nossos impostos e orientou a retirada de uma moeda da boca de um peixe.
Cristo mandou amarmos, se houverem 100 maneiras de demonstrar amor, então são 100 os mandamentos, se houverem 1000 maneiras, então pratiquemos as 1000.
A maior prova de nosso amor a Cristo é a obediência às leis de Cristo... O amor é a raiz; a obediência é o fruto.
Matthew Henry

Porque quem Ama ao PAI e aos seus irmãos não mata, não rouba, não comete adultério, não da falso testemunho e tudo mais, porque simplesmente ama.
Deus é perfeito porque é amor, que sejamos imitadores de Deus.
O amor é a única coisa com que podemos pagar a Deus na mesma moeda... Não podemos pagar-lhe tintim por tintim, mas devemos amá-lo generosamente.
Thomas Watson

Deus provou que seu Filho perfeitamente humano viveu sem pecados, não foi obediente a satanás e estava qualificado para ser o Salvador, redentor, restituidor e que esse Filho poderia ser o portador do domínio de tudo, o Nome acima de todos os nomes. Jesus manteve-se íntegro e fiel, resistindo e vencendo a tentação e o tentador.

“Então satanás foi-se embora, e os anjos vieram e cuidaram de Jesus”. Os anjos ministrando a Jesus foi acréscimo.
“Buscai primeiro o Reino e sua Justiça e as demais coisas serão acrescentadas.”

Adão foi tentado quando não havia pecados em sua vida, com Jesus também foi assim,  os pecados que Ele levou sobre Si, não eram dEle, inocentemente pagou pelos pecados da humanidade. Não devemos mais nada. A injustiça com Cristo se tornou justiça para nós. Injustamente Jesus pagou os pecados, mas Ele não havia cometido pecados, então todos aqueles que vieram após Ele, que se tornaram descendência dEle, receberam o pagamento dos pecados por herança hereditária, somente para os que morreram para satanás e Nasceram em Cristo Jesus. Nós tomamos o Cordeiro de Deus como nosso, Deus Pai ofereceu Seu sacrifício em nosso favor.
Deus deu um Cordeiro Puro para ser sacrificado e seu sangue foi apresentado no Santo dos Santos Celestial, pelo Próprio Cristo, o Sumo Sacerdote da Nova Aliança.
II Coríntios 5:21 “Deus fez daquele que não tinha pecado algum a oferta por todos nossos pecados, a fim de que nos tornássemos justiça de Deus”.


Pregador Vagner Vieira.


Nenhum comentário: